Menu
Conteúdo gratuito para pacientes de câncer e doenças do sangue, e seus familiares!

Como manter a saúde mental na quarentena

  

Shutterstock 1693227445
Ficar atento à mente em meio à pandemia e durante o processo de flexibilização é tão importante quanto seguir as orientações de prevenção contra a COVID-19

Ficar atento à mente em meio à pandemia e durante o processo de flexibilização é tão importante quanto seguir as orientações de prevenção contra a COVID-19

Por Natália Mancini

Cuidar da saúde mental na quarentena, além de ajudar a lidar melhor com a situação, é parte importante da prevenção. Isso acontece porque pessoas que estão muito ansiosas tendem a seguir métodos que não foram cientificamente comprovados. Assim, em vez de se protegerem, acabam se colocando em risco.  Com a flexibilizando do isolamento, se atentar ao psicológico continua importante, pois outros tipos de reações podem aparecer.

No geral, a pandemia causou uma série de impactos na vida das pessoas devido às mudanças que foram necessárias nos hábitos e na rotina. Porém, para os pacientes oncológicos esse impacto foi ainda maior.

“Essas pessoas têm uma grande preocupação, devido à mudança dos métodos dos serviços médicos. Além do medo de contaminação nos consultórios e hospitais”, conta Cláudia de Sillos Matos, psicóloga do Hospital Leforte.

Como a quarentena pode afetar a saúde mental?

saude mental, saúde mental na quarentena, pandemia, pacientes oncológicos, pacientes com câncer, o que fazer para manter a saude mental na quarentena, ansiedade, depressão, síndrome do pânico, depressao, sindrome do panico, insônia, insonia, alterações no sono, alteraçoes no sono, quarentena, saude da mente, como cuidar da saude mental, sua saude, cuide da sua saude mental, saude fisica e mental, cuide de quem cuida de vc, cuidando da saude mental, estratégia acalme-se, cuide de sua saude mental, saúde física e mental, pelo bem da sua saúde mental, como ter saúde mental, como ter saúde mental, tudo sobre saude mental, cuide da sua mente, estrategia acalmese, dicas de saude mental, como cuidar da saude mental, cuidar da saúde mental, como cuidar da mente, como ter uma boa saude mental, como melhorar a saude mental, durante a, como ter saude mental, saude mental oms, cuidados, com a mente, oms estresse,como manter a calma, como ficar calmo, como não surtar, cuidados na quarentena, dia da saude mental, cuidar da saude mental, tratamento da saude mental, saude mental dos idosos na quarentena, saude mental na quarentena dados, o que fazer para manter a saude mental na quarentena, pensar positivo, pensamentos positivos, saude mental dos professores na quarentena, saude mental na quarentena oms	, saude mental na quarentena pdf, saude mental dos jovens na quarentena, saude fisica e mental na quarentena, saude mental e emocional na quarentena, como manter a saúde física e mental na quarentena, flexibilização da quarentenaExistem vários fatores que podem levar a um desequilíbrio emocional durante esse período, fazendo com que a pessoa fique mais fragilizada. Dessa forma, é possível que ela apresente ansiedade, depressão, síndrome do pânico e/ou outras psicopatologias.

O medo pode ser o grande culpado para todas essas manifestações, tanto o receio da pandemia em si quanto o do contágio. Ele pode causar uma série de pensamentos obsessivos e negativos, além se sentimento de culpa e responsabilidade pela saúde de pessoas queridas.

“O estado de medo pode fazer com que as pessoas paralisem e mantenham pensamentos obsessivos. Bem como pensamentos negativos que influenciam no desequilíbrio emocional. Sendo que o temor do contágio pode também ser o receio de contaminar alguém querido. Isso faz com que o indivíduo sinta culpa e responsabilidade exacerbada”, explica a psicóloga.

Outras formas que esse desequilíbrio emocional pode se manifestar é por meio de alterações no sono. Enquanto algumas pessoas podem estar sofrendo com insônia, outras estão sentindo mais sono por estarem com baixa energia e indisposição. Isso pode acontecer devido à ansiedade, mas também, outra possível explicação é a própria mudança de rotina. Por exemplo, estar de Home Office, ou seja, trabalhando de casa, “pode ser complexo e nem sempre  pacífico”, Claúdia considera.

O que fazer para manter a saúde mental na quarentena?

saude mental, saúde mental na quarentena, pandemia, pacientes oncológicos, pacientes com câncer, o que fazer para manter a saude mental na quarentena, ansiedade, depressão, síndrome do pânico, depressao, sindrome do panico, insônia, insonia, alterações no sono, alteraçoes no sono, quarentena, saude da mente, como cuidar da saude mental, sua saude, cuide da sua saude mental, saude fisica e mental, cuide de quem cuida de vc, cuidando da saude mental, estratégia acalme-se, cuide de sua saude mental, saúde física e mental, pelo bem da sua saúde mental, como ter saúde mental, como ter saúde mental, tudo sobre saude mental, cuide da sua mente, estrategia acalmese, dicas de saude mental, como cuidar da saude mental, cuidar da saúde mental, como cuidar da mente, como ter uma boa saude mental, como melhorar a saude mental, durante a, como ter saude mental, saude mental oms, cuidados, com a mente, oms estresse,como manter a calma, como ficar calmo, como não surtar, cuidados na quarentena, dia da saude mental, cuidar da saude mental, tratamento da saude mental, saude mental dos idosos na quarentena, saude mental na quarentena dados, o que fazer para manter a saude mental na quarentena, pensar positivo, pensamentos positivos, saude mental dos professores na quarentena, saude mental na quarentena oms	, saude mental na quarentena pdf, saude mental dos jovens na quarentena, saude fisica e mental na quarentena, saude mental e emocional na quarentena, como manter a saúde física e mental na quarentena, flexibilização da quarentenaSegundo a psicóloga, é preciso tentar controlar os pensamentos, canalizar as energias e buscar prazer nas situações que estão ao alcance. É importante ter pensamentos positivos, mantendo-se equilibrado e ressignificando esse momento ao construir novas rotinas e adaptando as anteriores.

Tentar fugir do que está acontecendo não vai funcionar, é preciso aceitar e entender a realidade. “A dor só passa, quando passamos por ela”, a psicóloga diz. 

Entretanto, é preciso acreditar e lembrar que tudo isso passará, pois é só uma fase.

“Neste momento de pandemia muitos psicólogos estão realizando os atendimentos online, o que facilita e possibilita o maior acesso das pessoas ao serviço. Busque ajuda profissional se perceber que prejuízos estão acontecendo e impactando a sua vida”, Cláudia aconselha.

Conseguir olhar de forma mais racional para a pandemia da COVID-19, trazendo um novo significado para o momento, além auxiliar na questão psicológica, também possibilita agir de uma nova forma. Por exemplo, aflorar atitudes solidárias que contribuam para a busca do bem-estar coletivo.

Outra forma de cuidar da saúde mental na quarentena é cuidar do corpo, pois a saúde física e a mental estão conectadas. 

“As atividades físicas beneficiam o estado de bem-estar do ser humano. Faça adaptações e busque orientações para realizar sua rotina de atividades em sua casa”, fala a psicóloga. 

Mesmo para exercícios feitos em casa, o ideal é ter orientação de um profissional. Assim, é possível saber qual o melhor tipo de atividade e intensidade para cada caso, além de evitar alguma lesão. Existem profissionais que trabalham online, como professores de educação física, instrutores de yoga, para auxiliar e fazer o acompanhamento.

Saúde durante a flexibilização da quarentena

A flexibilização da quarentena pode trazer outras situações que também afloram o medo, a ansiedade e a insegurança. Por isso, continua sendo importante cuidar da saúde mental durante esse processo. Isso acontece porque visualizar ou estar em aglomerações podem causar crises de ansiedade e pensamentos aterrorizantes.

Como as pessoas enxergam essas situações como mais prováveis de serem contaminadas, é possível que esses sentimentos apareçam. Por isso, é preciso aprender a lidar com essas ocasiões tanto com medidas de prevenção, utilizando máscara, realizando a higiene das mãos de forma adequada e só saindo caso seja necessário, quanto pelo equilíbrio emocional.

“Cuide do corpo e da mente, tudo começa pela saúde mental”, a psicóloga Cláudia orienta finalizando.

 

Paciente oncológico, previna-se do coronavírus! 
Telemedicina é opção durante a covid-19

Deixe um comentário

  Receba um aviso sobre comentários nessa notícia  
Me avise quando