skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

Novo protocolo terapêutico para LLC é incorporado pela ANS

Pacientes que usam planos de saúde terão acesso ao venetoclax em combinação com obinutuzumabe

Se você é paciente de leucemia linfoide crônica (LLC), trazemos boas notícias! A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incorporou no rol de cobertura obrigatória pelos planos de saúde a combinação entre os medicamentos venetoclax e obinutuzumabe. O uso poderá ser feito por adultos, como primeira linha de tratamento.

Resultados do estudo CLL 14 demonstraram taxas de sobrevida livre de progressão maiores com esta nova combinação, se comparada à combinação entre clorambucil e obinutuzumabe, um dos tratamentos mais utilizados.

Com um acompanhamento médio de 28 meses (variação de 0,1 a 36 meses), foi observada uma redução do risco de progressão ou morte em 67% dos pacientes. A taxa de doença residual mínima foi avaliada como um desfecho secundário do estudo e é definida como presença de menos de uma célula de LLC detectada em 10 mil leucócitos, com o uso de métodos mais sensíveis.

A nova combinação terapêutica foi aprovada, após passar por consulta pública em março deste ano. Mais uma vitória em nome dos pacientes!

Entenda a LLC

A leucemia linfoide crônica acontece quando os linfócitos, por conta de um erro genético, passam a se desenvolver de forma descontrolada e param de realizar suas funções. A leucemia linfóide é considerada crônica porque essa alteração provoca o crescimento desordenado de linfócitos B que, geralmente, não impede a produção das células normais. Ou seja, ao mesmo tempo em que há uma produção de células com problemas, causando acúmulo na medula óssea, por outro lado o processo de fabricação e maturação das células saudáveis continua acontecendo.

É importante salientar que a LLC é uma doença adquirida e não hereditária. Ainda não se sabe o motivo para o seu surgimento, mas, na maior parte dos casos, ela atinge pessoas com mais de 50 anos.

Fonte: Comunicação Abrale

Back To Top