skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

APOSENTADORIA POR INCAPACIDADE PERMANENTE (ANTIGA APOSENTADORIA POR INVALIDEZ)

E COMO REQUERER A APOSENTADORIA POR INCAPACIDADE PERMANENTE

O que é a aposentadoria por por incapacidade permanente e quem pode recebê-la?

É um benefício dado ao trabalhador e ao segurado do INSS que estiver impossibilitado permanentemente de trabalhar ou exercer suas atividades habituais.

Quem recebe a aposentadoria por incapacidade permanente deve ser reavaliado pelo INSS a cada dois anos – ficam fora dessa obrigatoriedade pessoas com mais de 60 anos ou mais de 55 anos de idade e 15 anos de recebimento do benefício por incapacidade.

Funcionários públicos têm regras próprias, então, se for o seu caso, peça informações em sua repartição.


DIFERENÇA ENTRE AUXÍLIO-DOENÇA E APOSENTADORA POR INCAPACIDADE PERMANENTE

Assim como o auxílio-doença, é uma remuneração dada ao trabalhador segurado do INSS que precise ficar afastado. A diferença é que o auxílio-doença é temporário, com data para acabar, enquanto a aposentadoria por incapacidade permanente, como o próprio nome diz, deve ser permanente. Mesmo assim, o benefício é reavaliado pelo INSS a cada dois anos, em nova consulta médica – ficam fora dessa obrigatoriedade pessoas com mais de 60 anos ou mais de 55 anos de idade e 15 anos de recebimento do benefício por incapacidade. Pacientes com câncer assegurados do INSS podem solicitar o benefício – você só não terá direito caso tenha se filiado ao INSS após o diagnóstico da doença. Funcionários públicos têm regras próprias, então, se for o seu caso, peça informações em sua repartição.


APOSENTADORA POR INCAPACIDADE PERMANENTE CÂNCER

Pacientes com câncer assegurados do INSS podem solicitar o benefício – você só não terá direito caso tenha se filiado ao INSS após o diagnóstico da doença. Funcionários públicos têm regras próprias, então, se for o seu caso, peça informações em sua repartição.


COMO PEDIR APOSENTADORA POR INCAPACIDADE PERMANENTE | COMO CONSEGUIR APOSENTADORA POR INCAPACIDADEPERMANENTE

Inicialmente você deve requerer o auxílio-doença. Somente na consulta com o médico do INSS (perícia), ele pode dar o atestado que diz se você terá condições de voltar ao trabalho ou se está incapacitado permanentemente.


COMO CALCULAR APOSENTADORA POR INCAPACIDADE PERMANENTE

Até a data de vigência da reforma da previdência em 13 de novembro de 2019 (EC n.103/2019), a aposentadoria por invalidez correspondia a 100% do salário de benefício.

Após a reforma da previdência, é  feita a média de todos os seus salários de contribuição, a partir de 1994 ou desde quando você começou a contribuir. Desse valor, você receberá 60% + 2% ao ano que exceder 20 anos de tempo de contribuição para os homens, ou que exceder 15 anos de tempo de contribuição para as mulheres. O valor recebido é  isento do Imposto de Renda.


COMO FUNCIONA APOSENTADORA POR INCAPACIDADE PERMANENTE SE, EU PRECISAR DA AJUDA DE OUTRA PESSOA DIARIAMENTE?

nesse caso, o valor da aposentadoria por incapacidade permanente aumenta em 25%. É também o médico do INSS que avalia a necessidade de um acompanhante para você e libera esse benefício.


QUANDO COMEÇO A RECEBER A APOSENTADORIA POR INCAPACIDADE PERMANENTE?

Há duas situações:

  1.  a  mais comum é o auxílio-doença se transformar em aposentadoria por incapacidade permanente (quando o médico entende que você não poderá mais voltar ao trabalho). Nesse caso, o auxílio-doença é encerrado e a aposentadoria começa a valer no dia seguinte.
  2. a outra situação é a primeira perícia médica do INSS já comprovar a incapacidade permanente para o trabalho. Aí, o pagamento se inicia a partir do 16º dia de afastamento (ou da data de entrada do pedido).

APOSENTADORIA POR INCAPACIDADE PERMANENTE NEGADA, O QUE FAZER?

Você pode solicitar uma nova consulta com o médico do INSS (perícia) até 30 dias depois de ter o pedido negado. Você tem direito a esse procedimento uma única vez. Se ainda assim não conseguir o benefício, você pode entrar com uma ação na Justiça. Para saber como fazer isso, consulte a Abrale.


Contatos da Previdência Social:

Telefone: 135 (de segunda a sábado, das 7h às 22h).

Site: www.previdencia.gov.br

Back To Top