skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

TROMBOCITEMIA ESSENCIAL TRATAMENTO

Quando o paciente não apresenta sintomas e o especialista entende que o risco de complicações é baixo, será necessário apenas o acompanhamento médico frequente.

MEDICAMENTOS PARA TROMBOCITEMIA ESSENCIAL

Caso o paciente apresente um quadro mais complicado, com risco de trombose, por exemplo, o uso de medicamentos que reduzem as plaquetas será preciso.


HIDROXIUREIA

O quimioterápico Hidroxiureia (via oral) é um dos medicamentos utilizados, com o objetivo de diminuir a quantidade de plaquetas.

Mas não se assuste, porque diferente da quimioterapia, que engloba um conjunto de medicamento para eliminar todas as células doentes, o quimioterápico Hidroxiureia não causa tantos efeitos colaterais.

Os efeitos colaterais do Hidroxiureia são alteração do paladar e náuseas. Mas saiba que existem alternativas para amenizá-los. A nutrição é uma importante aliada na melhora de cada um deles, e por isso a Abrale fez uma seleção de alimentos que vão te ajudar bastante neste momento.


ANAGRELIDA (Agrylin®)

O Anagrelida é outra alternativa (via oral). O quimioterápico Anagrelida diminui a formação de plaquetas, sem matar as células saudáveis. Os efeitos colaterais são bem parecidos, incluindo apenas dores de cabeça (enxaqueca).


INTERFERON ALFA

Já o Interferon alfa é usado para reduzir o número de plaquetas, é menos indicado. É administrado com injeções intramuscular ou subcutânea e os efeitos colaterais costumam ser mais intensos, incluindo gripe e depressão.

Alguns médicos ainda indicam o uso de Aspirina em baixa dosagem por acreditarem que possa ajudar a diminuir o risco de trombose.

O quimioterápico Hidroxiureia, o Anagrelida e o Interferon Alfa são aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), e distribuídos gratuitamente pelo SUS.

 

A Abrale oferece gratuitamente Apoio Jurídico a todos os pacientes do Brasil. Se você está enfrentando alguma dificuldade em seu tratamento, não hesite em nos contatar!


PLAQUETAFERESE

Em algumas situações, é necessário o uso da Plaquetaferese, que reduz rapidamente o número de plaquetas na corrente sanguínea. É um procedimento parecido com a diálise. Por meio de uma máquina, o sangue é filtrado, separando as plaquetas e devolvendo ao paciente os demais componentes do sangue em condições normais.


MANTENHA-SE FIRME NO ACOMPANHAMENTO MÉDICO

A Trombocitemia Essencial é uma doença crônica e apresenta riscos importantes, como o de trombose, por isso é fundamental que o paciente tenha um acompanhamento médico (manutenção) rigoroso.


NÃO FIQUE EM DÚVIDA!!

Converse sempre com seu médico, questione sobre seu quadro, o tratamento e as respostas que está obtendo. Sinta-se à vontade para falar sobre tudo. E siga à risca os cuidados indicados pelo especialista, sempre.

O tratamento da Trombocitemia Essencial, com os medicamentos pode trazer alguns efeitos adversos ao paciente, mas é importante entender que é possível amenizá-los, seja com medicamentos ou até mesmo com a alimentação.

Aqui vão algumas dicas para te ajudar neste momento:

Contra náuseas e vômitos:

  • Prefira alimentos frios ou gelados e diminua ou evite o uso de temperos fortes na preparação dos alimentos
  • Coma pequenas porções várias vezes ao dia

Contra a diarreia:

  • Aumente a ingestão de líquidos, como água, chá, suco
  • Evite alimentos laxativos, como doces concentrados, leite de vaca, creme de leite, manteiga, queijos, verduras, cereais e pães integrais, além de frutas como mamão, laranja, uva e ameixa preta

Contra a obstipação (prisão de ventre):

  • Evite o consumo de cereais refinados (arroz branco, farinha de trigo refinada, fubá, semolina, amido de milho, polvilho)
  • Substitua alimentos pobres em fibras por alimentos ricos nesse nutriente (ex.: feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, soja, arroz integral, linhaça, aveia…)
  • Beba muita água

Contra a mucosite

  • Evite alimentos picantes e salgados com temperos fortes e alimentos ácidos (ex.: limão, laranja pera, morango, maracujá, abacaxi e kiwi)
  • Consuma preferencialmente alimentos macios ou pastosos (ex.: creme de espinafre, milho, purês, pães macios, sorvetes, flans, pudins e gelatinas) e também alimentos frios/gelados

Contra a xerostomia (boca seca)

  • Beba líquidos em abundância (ex.: água, chá, suco, sopa)
  • Aumente a ingestão de alimentos ácidos e cítricos
  • Evite alimentos ricos em sal
  • Chupe cubos de gelo ao longo do dia
  • Utilize pomadas industrializadas (“salivas artificiais”) antes das refeições
Back To Top