skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

Você está na sessão de Leucemia Mielomonocítica Crônica, para ver sobre outras Leucemias CLIQUE AQUI

Quais exames são feitos para diagnosticar Leucemia Mielomonocítica Crônica?

Consultoria – Dra. Érika Midori

diagnostico_de_Leucemia_Mieloide_Aguda

 

Hemograma

O hemograma completo (exame de sangue) é o primeiro a ser pedido pelo médico e mostrará alterações na contagem de células – a doença provoca aumento significativo dos monócitos, tipo de glóbulo branco, mas também pode atingir os glóbulos vermelhos e as plaquetas.


Biópsia da medula

O médico também pode pedir uma biópsia da medula, e um fragmento do osso da região lombar será retirado para avaliação em laboratório. A partir disso é que será constatada a leucemia.


Exame de Citogenética

O exame de citogenética, feito por meio de pequena amostra de sangue aspirado da medula óssea, irá analisar as alterações genéticas das células, e assim determinar o subtipo da doença.


Imunofenotipagem

Já a imunofenotipagem, por sua vez, feita também com uma amostra de sangue aspirado da medula óssea, irá verificar as características da superfície da célula.


FISH e PCR

O FISH (Hibridização Fluorescente in situ) e o PCR (Reação em Cadeia da Polimerase), exames extremamente sensíveis e que podem encontrar uma célula anormal em meio a milhares de células normais, também podem ser utilizados neste momento. Eles serão importantes para avaliar as alterações nos cromossomos, e são realizados a partir de uma pequena amostra de sangue aspirado da medula óssea.

**De todos estes exames, o único que não está disponível no Sistema Único de Saúde é o FISH. Porém, ele pode ser feito com o plano de saúde. Se você está enfrentando alguma dificuldade, saiba que a Abrale oferece gratuitamente Apoio Jurídico!


Converse com seu médico a respeito dos exames e procure tirar todas as suas dúvidas: como são feitos os procedimentos, se há algum risco, em quanto tempo saberá o resultado e o que mais quiser saber. É muito importante se sentir seguro!

Back To Top