Tel.: (11) 3149-5190 | 0800-773-9973

logo home

Mieloma múltiplo – Qualidade de vida é parte do tratamento

Veja algumas dicas de bem-estar para enfrentar a doença com mais força e disposição

 

O mieloma múltiplo é um tipo de câncer que se desenvolve na medula óssea e atinge, na maior parte dos casos, pessoas acima dos 60 anos. São diversas as opções de tratamento, como medicamentos e até mesmo o transplante de medula óssea, que objetivam a sobrevida e até mesmo a cura da doença.

Mas o bem-estar do paciente também deve ser enxergado. Afinal, a qualidade de vida é parte importante para que os resultados sejam positivos no tratamento.

Separamos algumas dicas especiais para os pacientes de MM, mas é importante salientar que é fundamental falar com o médico antes de qualquer alteração nos hábitos e rotina.

 

1 - Tenha uma alimentação saudável e adequada

Dica 1

 

Enquanto estiver em tratamento, seu corpo precisará de combustível para ficar forte e enfrentar o mieloma múltiplo. Reduza os lanches e doces processados. Encha o prato com frutas e vegetais frescos, proteínas magras e grãos integrais.

 

 

2 – Aumente a ingestão de ferro

Dica 2

 

Se você desenvolveu anemia, uma dica é comer alimentos ricos em ferro. Isso ajudará com o cansaço, pois o corpo produzirá glóbulos vermelhos mais saudáveis. São indicados carne vermelha magra, uva-passa, pimentões, couve, batatas doces, brócolis e frutas tropicais, como manga, mamão, abacaxi e goiaba.

 

 

3 – Atenção com os rins

Dica 3

 

É possível que você precise ajustar sua dieta, reduzindo a ingestão de sal, álcool, proteína, potássio. Se apresentar uma doença renal grave, diminua a quantidade de água e outros líquidos. Já se o cálcio estiver com níveis alterados, também é importante evitar alimentos como leite e derivados, peixes e suplementação.  

 

 

4 – Mantenha uma dieta rica em fibras

Dica 4

A quimioterapia pode causar constipação (intestino preso). Opte por incluir na dieta grãos integrais, como aveia e arroz integral, frutas secas, como passas, figos, damascos, ameixas, além de maçãs, peras, laranjas, nozes, brócolis, cenoura e alcachofra.

 

 

5 – Proteja-se de infecções

Dica 5

 

Quando estiver com a imunidade baixa, evite alimentos crus, inclusive verduras e frutas não descascadas, pois eles podem transmitir bactérias. É importante cozinhar bem os alimentos e evitar comer fora de casa.

 

6 – Praticar atividade física ajuda o corpo e a mente

Dica 6

 

A fadiga é um sintoma comum aos pacientes com mieloma múltiplo. Mas não se entregue! Procure fazer atividades, ainda que leves: caminhadas, alongamentos e exercícios para o fortalecimento ósseo e muscular, como pilates, são indicados e liberados!

 

 

7 - Tente deixar os pensamentos negativos fora de alcance

Dica 7

 

No dia a dia, mantenha suas atividades cotidianas, como passear com o cachorro, cuidar do jardim, ir ao banco, fazer compras, lavar louça, etc.

 

8 - Procure manter os espaços livres e os ambientes iluminados

Dica 8

 

Em casa, evite tapetes, piso molhado e fios expostos, situações que podem facilitar as temidas quedas.

 

9 – Não esqueça das consultas

Dica 9

 

Uma boa dica é deixar bilhetinhos na geladeira e também na agenda do celular.

 

10 - Seguir o tratamento corretamente é ESSENCIAL!

Dica 10

 

Tome os medicamentos indicados por seu especialista e não se automedique.

 

11 - Converse com seu médico e diga para ele como se sente

Dica 11

 

Se os remédios estão causando muitos efeitos colaterais ou se tem dúvidas quanto ao tratamento escolhido, não hesite em falar.

 

12 - Medicamentos e Fisioterapia são importante aliados

Dica 12

 

Neuropatia periférica é um dos principais – e mais preocupantes – efeitos colaterais dos tratamentos para o MM. Dores, formigamento e dormência pelo corpo são alguns dos sintomas, mas é possível amenizá-los. Converse com seu hematologista!

 

13 - A autoestima pode ficar abalada durante o tratamento

Dica 13

 

Isso ocorre, entre outras coisas, devido às mudanças físicas. Neste momento, abuse das maquiagens e adereços, como lenços, chapéus e bonés.

 

14 - Dormir bem ajuda na restauração das células

Dica 14

 

Para uma boa noite de sono, procure tomar um banho relaxante, beber um chá de camomila ou capim-limão e escutar sons que acalmem.

 

15 - Os cuidados continuam!

Dica 15

 

Se você realizou o transplante de medula óssea recentemente e já recebeu alta do hospital, fique atento! Lave sempre as mãos, use máscara se for frequentar lugares muito cheios, evite tirar cutículas e usar lâminas de barbear e não se alimente fora de casa.

 

16 – Se estiver difícil, converse

 

Dica 16

Cogite se abrir com pessoas que ama e confia. Psicólogos especializados em Oncologia também podem ser importantes neste momento. Divida suas experiências, pois suas histórias com o MM podem ajudar – e muito – alguém que esteja recebendo agora o diagnóstico da doença.

 

Fonte: Comunicação Abrale

Busca rápida


Importante!

Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. Em caso de dúvida consulte seu médico! O acesso a informação é um direito de todos.

 

logo rodape parceria social v02