skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

Ajude a decidir o que será coberto pelos Planos de Saúde!

Saúde em suas mãos!

Nos dias de hoje, cerca de 47 milhões de brasileiros utilizam planos privados para cuidar da sua saúde. Essa decisão é necessária porque, infelizmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) não consegue atender a toda a população com excelência.

Muita gente não sabe que é possível participar do processo de decisão do que vai ser coberto ou não pelos planos de saúde. E a participação social é extremamente importante para que a voz da sociedade seja ouvida e cada vez mais os planos atendam à necessidade de quem os utiliza.

COMO PARTICIPAR?

Do dia 08/10 a 21/11 fica aberta a Consulta Pública que te possibilita se manifestar, deixando a sua opinião sobre as recomendações de atualização do rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O órgão está avaliando quais serão as tecnologias (medicamentos e procedimentos, por ex.) que os planos de saúde passarão a oferecer para os seus usuários, e a sua participação é muito valiosa, já que a decisão sobre a atualização do rol afeta diretamente a vida de 47 milhões de brasileiros!

Se você é paciente de mieloma múltiplo, linfoma de células do manto, LLC, LMA, LMC ou policitemia vera, fique atento às redes sociais da Abrale e da Colabore com o Futuro. Essa é uma oportunidade para você contribuir com a sua experiência de uso de alguns medicamentos e, juntos, trabalharemos pela conquista dessa mudança.

A Abrale preparou um guia para te ajudar. Confira 7 passos para participar da Consulta Pública.

PASSO 1 – Acesse o site da ANS e na aba de Participação da Sociedade, busque por “Consultas e Participações Públicas”.

PASSO 2 – Busque pela Consulta Pública nº 81 – Atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde – Ciclo 2019/2020 e clique em “Participar”.

PASSO 3 – Na página seguinte, desça a tela e procure a sessão “Contribuições para recomendações relacionadas às propostas de medicamento ou procedimentos”.

Dê a sua contribuição sobre as recomendações da ANS relacionadas às propostas de medicamentos aqui.

Para contribuição sobre propostas de procedimentos, clique aqui.

 

PASSO 4 – Selecione “Medicamentos”. Nesta página você pode conhecer todas as recomendações da ANS referente à incorporação de medicamentos. O mesmo acontece para os procedimentos.

PASSO 5 – No campo “Recomendação Preliminar”, digite o número ou nome medicamento que você deseja opinar. No campo “Opinião”, selecione a categoria. Para te ajudar, consulte as dicas de opinião da Abrale no final deste guia.

PASSO 6 – Utilize o campo “Justificativa” para dar sua opinião. Todos podem participar, pacientes, cuidadores, familiares e amigos. Descreva a jornada de tratamento com o medicamento citado. Conte a história com suas próprias palavras! E depois clique em “Inserir comentário”.

PASSO 7 – Na próxima etapa, preencha seus dados para contato. Confira todas as informações e logo depois clique em “Enviar.

Pronto! Você pode participar quantas vezes quiser e divulgar para todos que conhece!

Conheça a seguir o posicionamento da Abrale frente a todas as recomendações da ANS. Fique de olho nas dicas!

Mieloma Múltiplo:

  • Nº UAT: 246 – Citrato de Ixazomibe – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Citrato de Ixazomibe para Mieloma Múltiplo. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 247 – Lenalidomida_Mieloma_IND1 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Lenalidomida em combinação com dexametasona, para o tratamento de pacientes com Mieloma Múltiplo Recidivado Refratário que receberam ao menos um esquema prévio de tratamento. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 248 – Lenalidomida_Mieloma_IND2 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Lenalidomida em monoterapia para o tratamento de manutenção de pacientes com Mieloma Múltiplo recém diagnosticados, que foram submetidos a transplante autólogo de células-tronco. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 249 – Lenalidomida_Mieloma_IND3 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Lenalidomida em terapia combinada, para o tratamento de pacientes com Mieloma Múltiplo que não receberam tratamento prévio e não são elegíveis a transplante. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Síndrome Mielodisplásica de risco baixo ou intermediário-1:

  • Nº UAT: 250 – Lenalidomida – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Lenalidomida para o tratamento de pacientes com anemia dependente de transfusões decorrente de Síndrome Mielodisplásica de risco baixo ou intermediário-1, associada à anormalidade citogenética de deleção 5q, com ou sem anormalidades citogenética adicionais. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Linfoma de Células do Manto – LCM:

  • Nº UAT: 251 – Acalabrutinibe – Recomendação Preliminar da ANS: não recomendar a incorporação do medicamento Acalabrutinibe para o tratamento de Linfoma de Células do Manto (LCM) que receberam pelo menos uma terapia anterior. Opinião da Abrale: Discordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 252 – Ibruntinibe – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Ibruntinibe para tratamento do Linfoma de Células do Manto em pacientes que receberam no mínimo um tratamento anterior contendo Rituximabe. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Leucemia Linfocítica Crônica – LLC e Linfoma linfocítico de pequenas células:

  • Nº UAT: 253 – Ibruntinibe_LLC_IND1 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Ibruntinibe para o tratamento da Leucemia Linfocítica Crônica / Linfoma Linfocítico de pequenas células que receberam no mínimo um tratamento anterior. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 254 – Ibruntinibe_LLC_IND2 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Ibruntinibe para o tratamento de primeira linha da Leucemia Linfocítica Crônica / Linfoma Linfocítico de pequenas células. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 255 – Venetoclax – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Venetoclax em combinação com Rituximabe, para o tratamento da Leucemia Linfocítica Crônica em pacientes que tenham recebido pelo menos uma terapia prévia. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Leucemia Mieloide Aguda – LMA:

  • Nº UAT: 256 – Venetoclax – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Venetoclax, em combinação com um agente hipometilante ou em combinação com Citarabina em baixa dose, para o tratamento de pacientes recém diagnosticados com Leucemia Mieloide Aguda e que são inelegíveis para quimioterapia. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 257 – Midostaurina – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Midostaurina para o tratamento da Leucemia Mieloide Aguda em combinação com quimioterapia em primeira linha para pacientes com mutação de FLT3. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Leucemia Mieloide Crônica – LMC:

  • Nº UAT: 258 – Nilotinibe – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Nilotinibe, para o tratamento de pacientes adultos com Leucemia Mieloide Crônica cromossomo Philadelphia positivo (LMC Ph+) em fase crônica recém-diagnosticada, com escore Sokal de alto risco. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Policitemia Vera – PV:

  • Nº UAT: 259 – Ruxolitinibe – Recomendação Preliminar da ANS: não recomendar a incorporação do medicamento Ruxolitinibe para o tratamento da Policitemia Vera. Opinião Abrale: Discordo com a recomendação preliminar.

Procedimentos:

  • Nº UAT: 150 – Sistema integrado de fotoaférese – não recomendar a incorporação do procedimento sistema integrado de fotoaférese para o tratamento da Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro (Aguda e Crônica). Opinião Abrale: Discordo com a recomendação preliminar.

 

Conheça mais informações em: https://www.colaborecomofuturo.com/post/consulta-p%C3%BAblica-campanha-estamos-de-olho-ans

Back To Top