skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

Saúde em suas mãos

Ajude a decidir o que será coberto pelos Planos de Saúde!

Nos dias de hoje, cerca de 47 milhões de brasileiros utilizam planos privados para cuidar da sua saúde. Essa decisão é necessária porque, infelizmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) não consegue atender a toda a população com excelência.

Muita gente não sabe que é possível participar do processo de decisão do que vai ser coberto ou não pelos planos de saúde. E a participação social é extremamente importante para que a voz da sociedade seja ouvida e cada vez mais os planos atendam à necessidade de quem os utiliza.

COMO PARTICIPAR?

Do dia 08/10 a 21/11 fica aberta a Consulta Pública que te possibilita se manifestar, deixando a sua opinião sobre as recomendações de atualização do rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O órgão está avaliando quais serão as tecnologias (medicamentos e procedimentos, por ex.) que os planos de saúde passarão a oferecer para os seus usuários, e a sua participação é muito valiosa, já que a decisão sobre a atualização do rol afeta diretamente a vida de 47 milhões de brasileiros!

Se você é paciente de mieloma múltiplo, linfoma de células do manto, LLC, LMA, LMC ou policitemia vera, fique atento às redes sociais da Abrale e da Colabore com o Futuro. Essa é uma oportunidade para você contribuir com a sua experiência de uso de alguns medicamentos e, juntos, trabalharemos pela conquista dessa mudança.

A Abrale preparou um guia para te ajudar. Confira 7 passos para participar da Consulta Pública.

PASSO 1 – Acesse o site da ANS e na aba de Participação da Sociedade, busque por “Consultas e Participações Públicas”.

PASSO 2 – Busque pela Consulta Pública nº 81 – Atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde – Ciclo 2019/2020 e clique em “Participar”.

PASSO 3 – Na página seguinte, desça a tela e procure a sessão “Contribuições para recomendações relacionadas às propostas de medicamento ou procedimentos”.

Dê a sua contribuição sobre as recomendações da ANS relacionadas às propostas de medicamentos aqui.

Para contribuição sobre propostas de procedimentos, clique aqui.

 

PASSO 4 – Selecione “Medicamentos”. Nesta página você pode conhecer todas as recomendações da ANS referente à incorporação de medicamentos. O mesmo acontece para os procedimentos.

PASSO 5 – No campo “Recomendação Preliminar”, digite o número ou nome medicamento que você deseja opinar. No campo “Opinião”, selecione a categoria. Para te ajudar, consulte as dicas de opinião da Abrale no final deste guia.

PASSO 6 – Utilize o campo “Justificativa” para dar sua opinião. Todos podem participar, pacientes, cuidadores, familiares e amigos. Descreva a jornada de tratamento com o medicamento citado. Conte a história com suas próprias palavras! E depois clique em “Inserir comentário”.

PASSO 7 – Na próxima etapa, preencha seus dados para contato. Confira todas as informações e logo depois clique em “Enviar.

Pronto! Você pode participar quantas vezes quiser e divulgar para todos que conhece!

Conheça a seguir o posicionamento da Abrale frente a todas as recomendações da ANS. Fique de olho nas dicas!

Mieloma Múltiplo:

  • Nº UAT: 246 – Citrato de Ixazomibe – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Citrato de Ixazomibe para Mieloma Múltiplo. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 247 – Lenalidomida_Mieloma_IND1 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Lenalidomida em combinação com dexametasona, para o tratamento de pacientes com Mieloma Múltiplo Recidivado Refratário que receberam ao menos um esquema prévio de tratamento. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 248 – Lenalidomida_Mieloma_IND2 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Lenalidomida em monoterapia para o tratamento de manutenção de pacientes com Mieloma Múltiplo recém diagnosticados, que foram submetidos a transplante autólogo de células-tronco. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 249 – Lenalidomida_Mieloma_IND3 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Lenalidomida em terapia combinada, para o tratamento de pacientes com Mieloma Múltiplo que não receberam tratamento prévio e não são elegíveis a transplante. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Síndrome Mielodisplásica de risco baixo ou intermediário-1:

  • Nº UAT: 250 – Lenalidomida – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Lenalidomida para o tratamento de pacientes com anemia dependente de transfusões decorrente de Síndrome Mielodisplásica de risco baixo ou intermediário-1, associada à anormalidade citogenética de deleção 5q, com ou sem anormalidades citogenética adicionais. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Linfoma de Células do Manto – LCM:

  • Nº UAT: 251 – Acalabrutinibe – Recomendação Preliminar da ANS: não recomendar a incorporação do medicamento Acalabrutinibe para o tratamento de Linfoma de Células do Manto (LCM) que receberam pelo menos uma terapia anterior. Opinião da Abrale: Discordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 252 – Ibruntinibe – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Ibruntinibe para tratamento do Linfoma de Células do Manto em pacientes que receberam no mínimo um tratamento anterior contendo Rituximabe. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Leucemia Linfocítica Crônica – LLC e Linfoma linfocítico de pequenas células:

  • Nº UAT: 253 – Ibruntinibe_LLC_IND1 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Ibruntinibe para o tratamento da Leucemia Linfocítica Crônica / Linfoma Linfocítico de pequenas células que receberam no mínimo um tratamento anterior. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 254 – Ibruntinibe_LLC_IND2 – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Ibruntinibe para o tratamento de primeira linha da Leucemia Linfocítica Crônica / Linfoma Linfocítico de pequenas células. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 255 – Venetoclax – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Venetoclax em combinação com Rituximabe, para o tratamento da Leucemia Linfocítica Crônica em pacientes que tenham recebido pelo menos uma terapia prévia. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Leucemia Mieloide Aguda – LMA:

  • Nº UAT: 256 – Venetoclax – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Venetoclax, em combinação com um agente hipometilante ou em combinação com Citarabina em baixa dose, para o tratamento de pacientes recém diagnosticados com Leucemia Mieloide Aguda e que são inelegíveis para quimioterapia. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.
  • Nº UAT: 257 – Midostaurina – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Midostaurina para o tratamento da Leucemia Mieloide Aguda em combinação com quimioterapia em primeira linha para pacientes com mutação de FLT3. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Leucemia Mieloide Crônica – LMC:

  • Nº UAT: 258 – Nilotinibe – Recomendação Preliminar da ANS: recomendar a incorporação do medicamento Nilotinibe, para o tratamento de pacientes adultos com Leucemia Mieloide Crônica cromossomo Philadelphia positivo (LMC Ph+) em fase crônica recém-diagnosticada, com escore Sokal de alto risco. Opinião da Abrale: Concordo com a recomendação preliminar.

Policitemia Vera – PV:

  • Nº UAT: 259 – Ruxolitinibe – Recomendação Preliminar da ANS: não recomendar a incorporação do medicamento Ruxolitinibe para o tratamento da Policitemia Vera. Opinião Abrale: Discordo com a recomendação preliminar.

Procedimentos:

  • Nº UAT: 150 – Sistema integrado de fotoaférese – não recomendar a incorporação do procedimento sistema integrado de fotoaférese para o tratamento da Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro (Aguda e Crônica). Opinião Abrale: Discordo com a recomendação preliminar.

 

Conheça mais informações em: https://www.colaborecomofuturo.com/post/consulta-p%C3%BAblica-campanha-estamos-de-olho-ans

Back To Top