skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

Abrale se reúne com CAF e Hospital São Paulo para tratar da distribuição dos inibidores de tirosina quinase.

A Abrale esteve nesta segunda-feira (30), com a Coordenadoria de Assistência Farmacêutica (CAF) do Estado de São Paulo para acompanhar a situação da distribuição dos medicamentos imatinibe, dasatinibe e nilotinibe essenciais para o tratamento da leucemia mieloide crônica (LMC) e leucemia linfoide aguda (LLA). 

Embora a situação crítica de desabastecimento dos últimos meses tenha sido aparentemente regularizada, nós da Abrale ainda recebemos notificações pontuais de atraso na entrega de tais medicamentos em alguns hospitais do estado de São Paulo. 

À Coordenadora do CAF, Alexandra Mariano, foram pedidas providências urgentes, a situação da falta de medicamentos não é nova e está diretamente ligada ao planejamento, resolução de burocracias e prioridades em âmbito federal e estadual.  

Reunião com Hospital São Paulo 

No mesmo dia, também estivemos com o superintendente do Hospital São Paulo, Dr. Nacime Salomão Mansur, para discutir a situação da falta de medicamentos e filtros, apontada por pacientes. Foram destacados os desafios que o Hospital enfrenta e como é necessário o apoio das associações de pacientes.

A Abrale fará o acompanhamento dos encaminhamentos das reuniões e continuará na busca de resoluções para a garantia dos direitos dos pacientes.

Se você estiver enfrentando dificuldades no acesso aos inibidores de tirosina quinase, entre em contato com o Apoio ao Paciente da Abrale no Whatsapp 📲 (11) 3149-5190, e-mail: [email protected] ou site: www.abrale.org.br. Sua notificação é importante para o acompanhamento e monitoramento da real situação. 

 

Fonte: Advocacy e Políticas Públicas Abrale

Back To Top