skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

Turma da Mônica: oncologia pediátrica da Santa Casa de Marília recebe kits pelo Projeto Dodói

Através do Projeto Dodói, a Oncologia Pediátrica da Santa Casa de Marília foi contemplada com kits da Turma da Mônica. Bonecos, gibis e livros para a realização de atividades lúdicas compõem o conjunto doado para a unidade hospitalar filantrópica mariliense

‘Fizemos uma parceria com a Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia) e uma das iniciativas é o Projeto Dodói. O objetivo é fazer com que a gente consiga trabalhar com a criança os sentimentos e sensações que ela apresenta, podendo assim avaliar melhor a dor, até por conta da doença e do tratamento. As equipes da Oncologia Pediátrica e da Pediatria passaram por um curso de capacitação dentro do projeto para poderem aplicar as atividades junto aos pacientes’, disse a médica da Oncologia Pediátrica da Santa Casa de Marília, Renata Trinca.

Entenda

Crianças que passam por longos períodos de internação podem sentir-se deprimidas pelo afastamento dos pais, irmãos, escola, animais de estimação e brinquedos, enfim, de toda a rotina a que estavam acostumadas, sentindo-se infelizes. Esse sentimento resulta frequentemente em uma recuperação mais difícil e prolongada.

Além disso, no caso de crianças com câncer, medo, insegurança e solidão, somados ao desconforto físico, acabam tornando as crianças mais debilitadas. Diante dessa realidade, o Instituto Mauricio de Sousa e a Abrale uniram-se com o objetivo de desenvolver um projeto voltado para crianças hospitalizadas com câncer, cujo tratamento passa por etapas muito prolongadas de internação.

Projeto Dodói

O Projeto Dodói tem a finalidade de proporcionar o bem-estar das crianças hospitalizadas com câncer, prepará-las emocionalmente para o tratamento, promover a integração com a equipe de enfermagem e o corpo médico e, principalmente, com o ambiente hospitalar para que, além de amenizar seu sofrimento e insegurança, leve-as a um restabelecimento mais rápido e confortável.

Aborda de forma clara e objetiva, de um modo que é próprio da infância, os conceitos de linfoma, leucemia, transplante de medula óssea e suas fases de tratamento, facilitando à criança enferma, de forma lúdica, a expressão e compreensão de suas necessidades, sejam elas físicas ou psicológicas.

Além disso, o Projeto Dodói também visa o envolvimento e humanização dos profissionais que estão em contato direto com a realidade diária dessas crianças, assim como o fortalecimento dos familiares que, muitas vezes, desconhecem as fases e procedimentos do tratamento.

 

Fonte: Jornal D Marília

Back To Top