skip to Main Content
11 3149-5190 | 0800-773-9973 FALE CONOSCO Como ajudar DOE AGORA

Abrale lança rede de colaboração médica Onco TeleInterconsulta

(Última atualização: 6 de outubro de 2021)

O projeto vai funcionar como uma rede de colaboração entre médicos para ajudar a entregar o melhor resultado ao paciente, sobretudo em casos de cânceres raros, de alto risco e afins

A pandemia da Covid-19 trouxe inúmeras dificuldades na área da saúde, tanto no enfrentamento e controle da infecção em si, quanto também na capacidade dos sistemas de saúde permanecerem a ofertar ações e serviços regulares para a população. No Brasil não foi diferente e ainda mais grave, por conta do cenário de extrema desigualdade social e de inequidades no acesso aos serviços.

Se avaliarmos somente os impactos no controle e tratamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), grupo de patologias de maior morbimortalidade no nosso país e que afetam mais da metade da população (cerca de 72% – MS, 2021), o problema é muito grave.

Olhando para o câncer, esses impactos negativos são ainda mais severos, como por exemplo, o grave represamento nos diagnósticos dos diversos tipos de câncer, o cancelamento das consultas de rotina e dificuldades de acesso e continuidade aos tratamentos oncológicos’, afirma a médica sanitarista e CEO da Abrale, Catherine Moura.

Nesse momento, o uso ampliado das tecnologias e a aceleração da transformação digital em saúde estão contribuído de forma concreta para minimizar esses impactos e oferecer soluções que levam, de forma online e segura, a assistência, orientação e monitoramento para os pacientes que estão na jornada de combate ao câncer.

E é neste contexto a Abrale – Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia – lança uma nova iniciativa, a Onco TeleInterconsulta, para fortalecer o eixo de inovação e transformação digital em Oncologia, que atualmente possui duas outras iniciativas já consolidadas – Telemedicina (atendimento de pacientes) e Onco Ensino (capacitação multiprofissional na modalidade EAD), ambos de abrangência nacional.

Este novo projeto digital, o Onco TeleInterconsulta, voltado para especialistas da Oncologia e da Onco-Hematologia de todo o Brasil vai funcionar como uma rede de colaboração entre médicos para ajudar a entregar o melhor resultado ao paciente, sobretudo em casos de cânceres raros, de alto risco, casos de difícil manejo clínico nos quais o profissional pode obter apoio de um colega para tomar a melhor decisão no cuidado ao paciente.

O projeto visa contribuir para as decisões de condutas clínicas, colaborando, inclusive, na capacitação profissional de oncologistas. Para isso, conta com a parceria de médicos renomados de todo o país. O Onco TeleInterconsulta facilita o diálogo médico-para-médico e, por meio de ferramenta digital, possibilita discussões de casos clínicos com qualidade e agilidade, à distância. Nele, também são realizados de forma gratuita:

  • Compartilhamento de informações com especialistas reconhecidos, para esclarecimento de dúvidas sobre diagnóstico, tratamento e segmento terapêutico.
  • Auxílio nos casos clínicos locais, além de prover uma segunda opinião médica ou orientação na conduta terapêutica.
  • Difusão de conhecimentos a respeito de tratamentos oncológicos complexos, de diferentes tipos de cânceres.
  • Apoio à gestão pública de hospitais, no melhor uso dos recursos humanos disponíveis, para o tratamento do câncer no país.

O Onco TeleInterconsulta Abrale oferece duas maneiras de contato entre os médicos de todo o Brasil. A primeira é a consultoria, com a orientação entre médicos, gestores e profissionais de saúde, com a finalidade de esclarecer dúvidas sobre diagnóstico e procedimentos terapêuticos em pacientes com cânceres hematológicos. Já a interconsulta é a troca de informações clínicas, laboratoriais, de imagens e opiniões entre médicos, para auxílio diagnóstico ou terapêutico, e também para a discussão de casos clínicos de pacientes com neoplasias raras e câncer de alto risco.

 

Fonte: 

Back To Top