Tel.: (11) 3149-5190 | 0800-773-9973

logo home

mieloma multiplo

Data de criação: 11 Abril 2016

O que é Mieloma Múltiplo?

Consultoria Dr. Bernardo Garicochea

Antes de explicarmos o mieloma múltiplo, é muito importante termos em mente o que é a medula óssea. E você já vai saber o porquê!

A medula óssea é responsável pela fabricação dos componentes do sangue: glóbulos vermelhos, encarregados pela oxigenação do organismo; glóbulos brancos, que defendem o corpo das infecções; e as plaquetas, que evitam hemorragias.

O mieloma múltiplo tem início nas células presentes na medula óssea, e com o passar do tempo consegue ir para o sangue, podendo também se estabelecer nos ossos. Às vezes, formam-se aglomerados de células, que podem se alojar em qualquer parte do corpo.

Estas novas células chamam-se plasmócitos e os aglomerados por elas formados, plasmocitomas.

Todos nós possuímos plasmócitos, que são importantíssimos na produção dos anticorpos, que nos protegem contra infecções. Mas os plasmócitos no mieloma múltiplo são diferentes. Eles não produzem anticorpos normais, e muitas vezes são tão mal produzidos, que conseguem apenas construir um pedaço de um anticorpo. E como eles são muitos e todos iguais (chamados de clones), o anticorpo com defeito é produzido em grandes quantidades, e pode ser encontrado no sangue, na urina ou em ambos. Chamado de proteína ou componente M, este anticorpo será a chave para o diagnóstico da doença.

O mieloma múltiplo, na maior parte dos casos, surge em pessoas com mais de 70 anos de idade. Ele pode ser assintomático, quando os plasmócitos se infiltram em pouca quantidade na medula óssea, e a produção de componente M é pequena, e sintomático, quando o volume de células aumenta muito. Neste caso o paciente pode apresentar diversas manifestações relacionadas à ocupação de células na medula e também a danos causados pelo componente M em outros órgãos, como nos rins, por exemplo.

Importante! Muitas pessoas apresentam baixos níveis de componente M em exames de sangue de rotina. Este é um acontecimento frequentemente temporário, mas às vezes pode permanecer por muito tempo neste indivíduo, sem significar que a pessoa tenha algum problema.

 

Se você foi diagnosticado com mieloma múltiplo, não hesite em tirar todas as suas dúvidas com seu médico. Lembrando que o especialista responsável por tratar este câncer é o onco-hematologista.

 

 

Vídeos de Mieloma Múltiplo

Depoimentos de Mieloma

  • Tenho 53 anos, sou casado e tenho 3 lindos filhos. Em janeiro de 2010, então com 50 anos, passei por uma experiência muito dolorosa. Era final do ano de 2009, entre natal e ano novo e depois de sentir dores horríveis nas costas, fui a um médico no dia 04/01/2010, em um ortopedista. Depois de uma avaliação e alguns RXs (radiografias), foi observado que eu estava com uma fratura na coluna vertebral, especificamente na L2. Foi solicitada então uma ressonância magnética com urgência, o que foi feito uma semana depois. No dia 11/01/2010, o dia mais triste da minha vida, Continuar lendo
  • Aldo Roberto Mattar Mieloma Múltiplo
  • 1
  • 2

Certificados

Busca rápida


Importante!

Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. Em caso de dúvida consulte seu médico! O acesso a informação é um direito de todos.

 

Hospedagem Voluntária

hostgator