Tel.: (11) 3149-5190 | 0800-773-9973

logo home

mieloma multiplo

Data de criação: 11 Abril 2016

Diagnóstico - MM

Consultoria Dr. Bernardo Garicochea

hqdefault

Os três exames principais para diagnosticar o mieloma múltiplo são: eletroforese de proteína e imunofixação de proteína, ambos feitos por meio de coletas de sangue e de urina, com o objetivo de encontrar a proteína M.

A biópsia da medula, quando um fragmento do osso da bacia será retirado e analisado em laboratório para definir a quantidade de plasmócitos ali presentes, também pode ser indicada.

O especialista ainda pode pedir exames de imagem, como a radiografia óssea, tomografia computadorizada, PET Scan e ressonância magnética, para verificar se há alterações nos ossos e também a presença de plasmócitos.

Os exames de imunohistoquímica, imunofenotipagem, citogenética (cariótipo) e hibridização fluorescente in situ (FISH) são muito sensíveis na detecção de células com problemas. Para se ter uma noção, eles podem encontrar uma única célula com câncer em meio a centenas ou milhares de células normais.

O hemograma (exame de sangue) também pode ser uma opção de exame, já que ele mostrará as alterações das células do sangue.

**De todos estes exames, apenas o FISH não está disponível no Sistema Único de Saúde. Se você está enfrentando algum problema, saiba que a Abrale oferece gratuitamente Apoio Jurídico.

Converse com seu médico a respeito dos exames e procure tirar todas as suas dúvidas: como são feitos os procedimentos, se há algum risco, em quanto tempo saberá o resultado e o que mais quiser saber. É muito importante se sentir seguro! 

 

 

Vídeos de Mieloma Múltiplo

Certificados

Busca rápida


Importante!

Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. Em caso de dúvida consulte seu médico! O acesso a informação é um direito de todos.

 

Hospedagem Voluntária

hostgator